9 livros de ficção científica que viraram filmes e séries

Ficção Científica - 2001 Stanley Kubrick
Ficção Científica: 2001 – Uma Odisseia no Espaço. Crédito: Divulgação

Os livros de ficção científica fazem parte de um gênero sensacional. Viagens espaciais, mundos cibernéticos, futuros distópicos: as possibilidades exploradas pelos escritores são inúmeras.

Se você duvida, é só perguntar para o pessoal de Hollywood.

O mundo do cinema adora adaptar livros de ficção científica para a telona – ou para a telinha, no caso das séries de TV.

Além disso, alguns dos filmes mais memoráveis da história do cinema pertencem ao gênero da ficção científica.

Androides Sonham com Ovelhas Elétricas (Blade Runner) e Planeta dos Macacos são só alguns do exemplos de livros de ficção científica que ganharam versões inesquecíveis no cinema.

Outras obras não viraram filmes tão sensacionais, é verdade, mas ainda assim a leitura é mais do que recomendada.

Quer saber mais? Então confira nossa lista!

Androides Sonham com Ovelhas Elétricas?(Blade Runner)

Apesar de ser passado no futuro, Blade Runner é um daqueles filmes que definem a sua época. 

É tão influente que até hoje muita gente replica sua estética em fotografias, filmes e afins. 

O filme é uma adaptação de Androides sonham com ovelhas elétricas? (Editora Aleph, 2014), escrito por Philip K. Dick. 

O autor é um dos mais importantes no gênero da ficção científica, sendo que há um prêmio com o nome dele, concedido desde 1982, ano de sua morte.

E não vai ser a única vez que vamos falar dele: muitos de seus livros viraram filmes e séries.

Sinopse

Blade Runner Capa

O ano é 2019 e o planeta Terra sofreu com uma guerra atômica, que extinguiu diversas espécies de animais e plantas.

Neste universo, Rick Deckard é um ex-policial que tem como função caçar e eliminar androides, conhecidos como replicantes.

Um dia, ele recebe a missão de perseguir androides que fugiram ilegalmente de Marte e vieram para a Terra. 

E, caçando estes replicantes, ele percebe que é muito mais difícil separar o real do fabricado do que ele imaginava.

O livro

Androides Sonham com Ovelhas Elétricas? ganhou diversas edições no Brasil, todas através da editora Aleph.

Primeiro, uma edição renovada, juntos com outros títulos de Philip K. Dick, e, depois, uma edição comemorativa dos 50 anos, com capa dura e 10 ilustrações exclusivas. 

Recentemente, mais outra edição foi lançada, com uma bela capa do artista Rafael Coutinho.

Blade Runner nova edição

A primeira versão, de 2014, pode ser encontrada a partir de R$ 37,43. 

A edição especial de 50 anos, com capa dura, custa R$ 43,18.

E a versão mais recente sai por R$ 33,20. 

Já o eBook custa R$ 25,50.


Eu, Robô

Ok, talvez você não tenha gostado muito de Will Smith usando all-stars futuristas e socando robôs na cara no filme dirigido por Alex Proyas em 2004.

Mas esse livro de ficção científica não poderia ficar de fora, simplesmente porque Isaac Asimov é um autor muito importante.

É do livro lançado em 1950 que vem as 3 Leis da Robótica

  1. Um robô não pode ferir um ser humano ou, por inação, permitir que um ser humano sofra algum mal.
  2. Um robô deve obedecer as ordens que lhe sejam dadas por seres humanos exceto nos casos em que tais ordens entrem em conflito com a Primeira Lei.
  3. Um robô deve proteger sua própria existência desde que tal proteção não entre em conflito com a Primeira ou Segunda Leis. (fonte: Wikipedia)

Entre outros livros de Asimov, estão a série da Fundação, que conta a história de um império de 12 mil anos que está em decadência, e a missão de um grupo de cientistas em preservar o conhecimento desta sociedade. 

Sinopse

No filme, Will Smith é o detetive Del Spooner, que investiga a morte de seu amigo Alfred Lanning, que trabalha na US Robotics.

A impressão inicial é de que Lanning cometeu suicídio, mas Spooner acredita que o cientista foi morto por um dos robôs que desenvolveu.

Já o livro reúne 9 contos de Asimov que contam a trajetória da evolução dos robôs, desde ajudantes pessoais até um futuro onde a Terra é administrada por máquinas que controlam a mão-de-obra, o consumo e a produção. 

O livro

Capa do Livro Eu Robô

Eu, Robô foi publicado por Isaac Asimov em 1950. Ele é o primeiro livro da chamada Série Robôs que inclui outras quatro obras.

Dessa série de livros e contos também saiu o filme O Homem Bicentenário, estrelado por Robin Williams em 1999.

No Brasil, o livro foi lançado pela editora Aleph em 2014. 

Na Amazon, a versão física do livro sai por R$ 37,90 e a versão digital por R$ 15,70.


2001: Uma Odisseia no Espaço

Lançado em 1968, 2001: Uma Odisseia no Espaço não só é um grande filme de ficção científica, como também é um dos mais importantes da história do cinema.

O longa foi dirigido por Stanley Kubrick e é baseado no conto “The Sentinel”, escrito por Arthur C. Clarke e publicado pela primeira vez em 1951. 

O livro foi escrito junto com o roteiro do filme, que também teve a participação de Clarke, e publicado após o lançamento nos cinemas. 

2001 teve quatro indicações ao Oscar em 1968 e levou o prêmio na categoria Melhores Efeitos Visuais. 

Sinopse

Ficção Científica: 2001 - Uma Odisseia no Espaço

Tanto o livro quanto o filme são divididos em quatro partes. 

A primeira chama-se “A Aurora do Homem”, e mostra uma tribo de humanos primitivos lutando por sua sobrevivência. 

Na segunda parte, somos levados ao futuro e acompanhamos o Dr. Heywood R. Floyd, que viaja para uma base espacial para investigar um artefato misterioso que foi encontrado na Lua.

Nas terceira e quarta partes, o foco é a viagem dos astronautas David Bowman e Frank Poole a bordo da nave Discovery One em direção a Júpiter.

Junto com eles, está o computador HAL, que tem o controle de quase tudo dentro da nave espacial.

O supercomputador parece infalível, mas ele acaba arranjando altas confusões (se você viu o filme, já sabe do que estou falando! Mas se não viu, é melhor não dar spoiler, né?)

O livro

Capa de 2001 - Uma Odisseia no Espaço

2001 é o primeiro de uma saga de quatro livros de ficção científica escritos por Clarke. As outras obras são (com seus respectivos anos de lançamento):

2010 também foi adaptado para o cinema, com direção de Peter Hyamns, porém sem a participação de Kubrick.

A editora Aleph lançou a versão brasileira de Uma Odisseia no Espaço em 2013, em uma edição que também tem os contos “A Sentinela” e “Encontro no Alvorecer”, que tiveram grande influência no filme e no romance. 

Na Amazon, o livro físico sai a partir de R$ 29,88 e a versão digital custa R$ 20,30.


Jurassic Park

Comente, compartilhe e até a próxima!

Tiranossauros, velociraptors e outros dinossauros fizeram (e ainda fazem) parte da infância de milhões de pessoas ao redor do mundo, e tudo graças ao grande sucesso do filme de Steven Spielberg.

Jurassic Park estreou nos cinemas em 1993 e arrecadou nada menos que US$ 914 milhões de bilheteria, e gerou outras quatro sequências.

O livro que baseou todo esse sucesso foi escrito por Michael Crichton em 1990. 

Crichton já estava com uma ideia de escrever sobre dinossauros desde os anos 80, mas foi o nascimento de sua filha, em 1989, fez o livro ganhar vida.

Depois do primeiro Jurassic Park, ele escreveu a sequência Mundo Perdido, que também foi adaptado para os cinemas por Spielberg em 1997.

Além do clássico jurássico, Crichton foi criador da série médica de TV ER e também escreveu e dirigiu o filme Westworld, que depois viraria uma série da HBO.

Sinopse

 Ficção Científica: T-Rex em Jurassic Park (1993)

Fundador da empresa InGen, o bilionário John Hammond cria o Parque dos Dinossauros em uma ilha na Costa Rica, utilizando o DNA dos animais que foi recuperado em mosquitos presos em âmbar.

Hammond convida o paleontólogo Dr. Alan Grant e a paleobotânica Dra Ellie Sattler para conhecer seu empreendimento na Isla Nublar.

A ideia do empresário é conseguir que os especialistas provem que seu Parque dos Dinossauros é seguro, garantindo o dinheiro dos investidores. 

Junto com os netos de Hammond, os cientistas fazem um tour no parque. Porém, uma forte chuva tropical interrompe o passeio, e eles acabam descobrindo que o ambiente não é tão previsível e seguro quanto o bilionário dizia. 

O livro

Jurassic Park foi lançado no Brasil pela primeira vez em 1990. Depois, ganhou uma nova edição com pela editora Aleph em 2015.

Em 2018, foi lançado um box em comemoração aos 25 anos do lançamento do filme, que inclui  também Mundo Perdido, o segundo livro da série. 

Na Amazon, o livro sai por R$ 28,78. Dá para encontrar usado a partir de R$ 19,90 e a versão digital custa R$ 27,32.

Já o box com os dois livros sai por R$ 67,90.

Box Jurassic Park

 

Carbono Alterado (Altered Carbon)

Agora a gente sai um pouco das telonas e vai pras telinhas.

Altered Carbon é uma série de ficção científica que foi inspirada pelo livro de mesmo nome do escritor Richard Morgan.

Lançado no Brasil com o título Carbono Alterado (2017, Bertrand Brasil), a obra faz parte da saga do personagem Takeshi Kovacs, que também tem os livros Anjos Partidos e Woken Furries.

A série da Netflix vai para sua segunda temporada, que foi anunciada em fevereiro de 2019.  

Agora, o ator Anthony Mackie (que foi o Falcão nos filmes da Marvel) vai substituir Joel Kinnaman (Esquadrão Suicida) no papel de Kovacs.

Considerada uma das série mais caras da Netflix, Altered Carbon também vai virar anime, com a produção de Dai Sato, que trabalhou em Cowboy Bebop e Samurai Champloo.

Sinopse

A história do filme (e do livro) se passa em um futuro onde a tecnologia permite que a consciência e a personalidade sejam armazenadas digitalmente e, depois, baixadas em um novo corpo.  

O protagonista é Takeshi Kovacs, um soldado de um grupo rebelde derrotado em uma batalha.

250 anos depois, o stack (uma espécie de HD com sua consciência) de Kovacs é retirado da prisão por Laurens Bancroft, um dos homens mais ricos do mundo. 

Bancroft dá uma nova chance de vida para Kovacs, desde que ele resolva um assassinato: o do próprio Bancroft. 

O Livro

Ficção Científica: Carbono Alterado

A versão brasileira de Altered Carbon ganhou o nome de Carbono Alterado e foi lançado em 2017 pela editora Bertrand Brasil.

Também foi lançado no Brasil o livro Anjos Partidos, que é o segundo volume da saga de Takeshi Kovacs.

Na Amazon, o livro digital custa R$ 35,91 e a versão física sai por em R$ 31,90. 

 Dá para achar também a versão em inglês, que sai por R$ 44,44.


O Homem do Castelo Alto

E se o resultado da Segunda Guerra Mundial fosse diferente, com a vitória das forças do Eixo, comandadas pela Alemanha de Adolf Hitler?

Este é o ponto de partida de O Homem do Castelo Alto, escrito por Philip K. Dick em 1962.

No livro, os EUA foram divididos em 3 partes após a guerra: uma dominada pelo Japão, outra pela Alemanha e uma terceira que está em disputa por estes países. 

O livro de ficção científica virou série em 2015, no Amazon Prime Video

A série tem 3 temporadas e é estrelada por Alexa Davalos (A Batalha de Riddick), com Riddley Scott (diretor de Blade Runner) como produtor executivo. 

Sinopse

A história se passa na década de 60, 15 anos depois das potências do Eixo derrotarem os EUA na Segunda Guerra.

Na série, Washington é destruída por uma bomba atômica.

Umas das principais personagens é Juliana Crain, uma especialista em artes marciais que, no começo, tem uma boa relação com os ocupantes asiáticos, mas depois decide se juntar à resistência dos norte-americanos.   

O Livro

Ficção Científica: O Homem do Castelo Alto

O Homem do Castelo Alto foi lançado pela primeira vez no Brasil em 1993.

Assim como outras obras de Philip K. Dick, ela ganhou uma nova versão, com uma capa renovada, em 2009.

Em 2019, a editora Aleph lançou uma nova edição, com uma ilustração inédita de Rafael Coutinho na capa.

Ficção Científica: O Homem do Castelo Alto (2019)

O livro pode ser encontrado na Amazon por R$ 46,60, (edição de 2009) e por R$37,00 (edição de 2019)

Já o ebook sair por R$ 8,91.


Jogador Número 1 (Ready Player One)

Mais um filme dirigido e produzido pelo nosso querido Steven Spielberg na nossa lista. 

Jogador Número 1 (Ready Player One, no original) saiu nas telonas em 2018 e é baseado no livro de de mesmo nome de Ernest Cline.

Inclusive, Cline também trabalhou no filme, co-escrevendo o roteiro do longa-metragem junto com Zak Penn. 

Jogador Número 1 conta com os atores Tye Sheridan (que foi o Ciclope em X-Men: Apocalipse) e Olivia Cooke (que trabalhou na série Bates Motel) em seu elenco, e conseguiu arrecadar mais de US$ 582 milhões nas bilheterias. 

O livro é fortemente influenciado por diversos filmes, séries e games dos anos 70, 80, 90 e 2000, incluindo aí outras obras de Spielberg. 

Porém, para não ser acusado de vaidade, o diretor preferiu não colocar boa parte das referências a seus filmes. 

Sinopse

Em Jogador Número 1, Wade Watts é um adolescente que participa de um jogo de realidade virtual chamado OASIS, criado por James Halliday.

Após a morte de Halliday, é lançado um desafio: quem encontrar primeiro o easter egg deixado pelo criador terá sua fortuna e o controle do jogo.

Depois de vários anos, Wade é o primeiro jogador a encontrar uma das chaves necessárias para achar o prêmio. 

Ele se junta a seus amigos para continuar na procura do easter egg, mas terá que competir com uma corporação multinacional que quer ter o controle do OASIS.

O livro

Ficção Científica: Jogador Número 1

Jogador Número 1 foi o primeiro livro lançado por Ernest Cline, em 2011. 

Seu segundo romance, Armada, teve seus direitos cinematográficos comprados pela Universal Pictures e também vai virar filme.

A primeira versão brasileira de Jogador Número 1 foi lançada pela Editora Leya em 2012. 

Em 2018, quando o filme foi lançado, o livro ganhou outra edição, com uma capa com os personagens do filme.

Na Amazon, a primeira edição custa R$ 23,83, e a segunda sai por R$ 24. A versão digital custa em torno de R$ 17.


Planeta dos Macacos

Planeta dos Macacos é uma franquia tão bem-sucedida que muita gente não sabe que tudo começou com um livro.

O romance de ficção científica de Pierre Boulle foi originalmente publicado em 1963, com o nome La planète des singes.

A primeira adaptação para o cinema foi com o clássico de 1968, com atores como Charlton Heston e Roddy McDowell.

De lá para cá, a trama rendeu 9 filmes no total, além de duas séries de TV. 

A produção mais recente, Planeta dos Macacos: A Guerra, estreou em 2017, foi dirigido por Matt Reeves e conta com Andy Serkis no papel de César, o líder dos macacos.

Sinopse

No livro de Pierre Boulle, a história é contada do ponto-de-vista do astronauta Ulysse Mérou, que fez parte de uma expedição espacial em uma nave capaz de viajar próxima à velocidade da luz.

Depois de um tempo, Mérou e seus colegas chegam em um planeta muito parecido com a Terra, com água potável e tudo mais. 

O grupo descobre outros seres no planeta, que agem de maneira primitiva e são similares aos chimpanzés. 

Entretanto, tudo fica mais complicado quando eles são atacados por um grupo de macacos que estão montados em cavalos e utilizam armas e outras máquinas.

Os astronautas são levados para uma cidade dos símios, onde descobrem que o planeta em que pousaram é muito mais parecido com a Terra do que imaginavam. 

O livro

Ficção Científica: Planeta dos Macacos

Planeta dos Macacos foi escrito por Boulle no começo da década de 60. Antes disso, ele lutou na Segunda Guerra Mundial e chegou a ser espião na Indochina, então dominada pelo Japão.

Antes de Planeta dos Macacos, o autor escreveu A Ponte do Rio Kwai, que virou best-seller e também foi adaptado para o cinema em um filme de 1957.

A primeira edição brasileira foi lançada só em 2008, pela editora PocketOuro. A edição mais recente é de 2015, da editora Aleph.

O livro pode ser encontrado na Amazon por R$ 28,90 (versão física) e por R$ 27, 45 (eBook).


Aniquilação 

Com Natalie Portman no papel da bióloga Lena, Aniquilação é um filme baseado na trilogia de livros escrita por Jeff VanderMeer.

O filme foi lançado nos cinemas nos Estados Unidos, Canadá e China. Nos outros mercados, Aniquilação foi distribuído pela Netflix. 

O longa foi elogiado pelos seus efeitos visuais, pela direção e pelo roteiro, mas recebeu críticas porque não é muito fiel ao livro de VanderMeer.

O filme foi lançado em fevereiro de 2018 nos EUA e arrecadou US$ 43 milhões de bilheteria mundialmente. 

Sinopse

Bióloga e ex-militar do Exército dos EUA, Lena decide voltar ao serviço após o misterioso desaparecimento de seu marido. 

Junto com outras cientistas militares, ela entra em uma área inabitada e isolada pelo governo. Diversas expedições já haviam sido enviadas para investigar o local, mas quase ninguém voltou.

Dentro da área, elas descobrem uma floresta cheia de vida, mas também com vários animais e plantas mutantes, e terão de se desdobrar para sobreviver. 

O livro

Aniquilação faz parte da trilogia Comando Sul, que conta também com os livros Autoridade e Aceitação.

A obra foi publicada por Jeff VanderMeer em 2014, e ganhou uma edição brasileira no mesmo ano pela editora Intrínseca.  

Ficção Científica: Aniquilação

Logicamente, esta lista não é definitiva: sempre tem algum livro sendo adaptado para o cinema ou para a TV.

Agora a gente quer ouvir sua opinião: 

Qual livro deveria estar na lista? 

Qual dos livros você já leu? Qual você quer ler?

E por último, mas não menos importante: qual livro de ficção científica você acha que deveria virar filme?

Comente, compartilhe e até a próxima!

Anúncios

2 thoughts on “9 livros de ficção científica que viraram filmes e séries”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.